Vinícola Boutique, vinhos de boutique!

Na última quinta-feira, 28.09, tive a oportunidade de conhecer e degustar alguns vinhos da Vinícola Boutique ENOS, encontro que aconteceu no espaço de degustação da Cave Nacional.

Quando recebi o convite, fiquei animado e com a expectativa em alta, afinal, o painel de degustação estava montado com o premiado espumante brut rosé LA BELLE BLANCHE – 92 pontos no guia Descorchados – e com 5 vinhos tintos, todos da safra histórica de 2012.

Soma-se a isso, claro, o fato de que não é todo dia que temos a oportunidade de conhecer novos modelos de negócio no setor de vinhos brasileiros.

A degustação começou pontualmente às 14h como o previsto. A proposta acordada entre os comensais presentes era de degustar duas vezes cada rótulo sendo que uma garrafa seria aberta e servida diretamente aos presentes enquanto que a outra seria decantada por um hora antes de ser servida. O objetivo era buscar e identificar como o mesmo vinho se comportaria.

A degustação seguiu a sequência abaixo:

  • Espumante Brut Rosé
  • Carmenère Reserva Especial
  • Merlot Gran Reserva
  • Cabernet Franc Gran Reserva
  • Cabernet Sauvignon Gran Reserva
  • Tannat Gran Reserva

ESPUMANTE LA BELLE BLANCHE – com um perlage fino e constante, o espumante chegou na minha taça com uma bela cor rosa devido a apenas 20% de Pinot Noir no corte. Delicados aromas de flores, notas frutadas bem integradas e ótima acidez. Achei a proposta do corte interessante pois colocaram 10% Trebbiano junto com os 70% de Chardonnay e os 20% de Pinot Noir.

CARMENÈRE RESERVA ESPECIAL 2012 – havia muita expectativa para a degustação desse vinho pois a vinícola não mais o produzirá devido a compra dos vinhedos por um grande player do mercado. Apesar de apenas ter estagiado 6 meses em barricas de carvalho francês de primeiro uso, esse tempo de barrica acabou tirando a expressão do varietal que ficou mascarado atrás das notas de madeira. O vinho se beneficiaria se tivesse sido vinificado buscando a expressão máxima da carmenère, já que as uvas foram colhidas nas primeiras semanas de março permitindo assim uma maturação fenólica adequada ao varietal. Após 1h no decanter, o ímpeto da madeira diminuiu dando lugar a algumas notas frutadas e a uma dominante nota vegetal de pimentão verde.

MERLOT GRAN RESERVA 2012 – sem dúvida, um dos melhores que já bebi. Muito equilibrado tanto na parte olfativa quanto na gustativa. Estava muito claro na taça que o varietal foi colhido com uma maturação fenólica ideal e que a vinificação foi conduzida com maestria para realçar e manter suas características. Estagiou 12 meses em barricas de carvalho francês de primeiro uso e descansou por mais 12 meses em garrafa antes de chegar ao mercado. Bela integração entre as notas frutadas e amadeiradas, estas últimas fazendo um interessante adorno ao frutado do vinho porém sem se sobrepor a fruta. Acidez na medida certa. Após 1h de decanter, o vinho manteve-se com elegante expressão mostrando sua estrutura e capacidade de guarda. Um Merlot para ter na adega!

CABERNET FRANC GRAN RESERVA 2012 – acredito que esta casta dispute juntamente com a Merlot o título de casta emblemática para o Brasil se fosse justo e necessário ter esse tipo de ranking. Sinceramente não compartilho muito dessa ideia pois o Brasil é um país muito grande e com diversos terroirs e para cada um deles há uma casta que se beneficiará. Entretanto, na Serra Gaúcha vejo com grande alegria a bela expressão dessas duas castas – Cabernet Franc e Merlot – nos mais diversos produtores. Quanto ao vinho, assim como o anterior, estagiou 12 meses em barricas de carvalho, sendo 70% em carvalho americano e 30% em carvalho francês de primeiro uso e descansou, apenas, por 6 meses em garrafa. Apresentou-se melhor em nariz do que em boca apesar de estar correto e equilibrado. Talvez se tivesse estagiado menos tempo em barricas, a Cabernet Franc poderia estar mais presente no vinho se beneficiando da safra de 2012. Resumindo, um vinho tecnicamente correto mas que não me emocionou.

CABERNET SAUVIGNON GRAN RESERVA 2012 – chegada a hora de uma das castas mais apreciadas no Brasil. Com grande capacidade de expressão nos mais diversos terroirs espalhados pelo mundo e contando com uma safra perfeita, com excelente distribuição entre as estações, com níveis adequados de chuva, de estiagem e de calor e horas de sol. Estava curioso para a degustação desse rótulo. Com um nariz característico dessa uva, acidez correta e com boa carga tânica, o vinho cumpriu seu papel com boa intensidade e corpo que agradará o Brasileiro de uma maneira geral. Dessa vez, os 12 meses de estágio em barricas de carvalho americano de primeiro uso conversaram bem com esse varietal, porém o resultado final não emocionou. Um vinho “flat” levando-se em consideração o potencial da Cabernet Sauvignon e a safra histórica de 2012.

TANNAT GRAN RESERVA 2012 – chegamos ao último vinho de uma tarde muito agradável com vinhos de grande qualidade. Esse Tannat veio da Campanha Gaúcha, e que belíssimo exemplar! Junto com o Merlot foi uma grata surpresa, pois apresentou bom corpo e grande estrutura fugindo um pouco das vinificações tradicionais desta casta que sempre trazem muita potência, intensidade e sabor. Este, muito elegante, com grande potencial de guarda apresentou-se com ótimo equilíbrio entre as notas frutadas e as notas do estágio de 12 meses em barricas de carvalho americano. Equilíbrio elevado com grande maciez, acidez imperativa e taninos sedosos e bem marcados. Um vinho que se beneficiará, sem dúvidas, com o passar os anos. Atualmente encontra-se na curva ascendente de evolução. Para ter alguns exemplares na adega e acompanhar sua evolução!

Preciso dizer que toda degustação é uma fotografia dos vinhos naquele dado momento, ou seja, é como os vinhos se apresentam naquele instante para os comensais.

Muito feliz com o que encontrei nessa tarde de degustação. Parabéns ao proprietário e idealizador do projeto Léo Kades e ao enólogo Felipe Bebber pelo belíssimo trabalho.

Guardem esse nome ENOS pois ainda ouviremos falar muita coisa boa dessa vinícola e de seus rótulos.

Saúde e até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *