TOP 10 sobre a região da Alsace

A Alsace é uma região encantadora com belas paisagens, com uma cultura e uma gastronomia muito ricas, sem falar das bebidas locais – cervejas e vinhos – que são um destaque a parte.

Especificamente quando falamos dos vinhos alsacianos, não podemos deixar de falar que eles refletem toda a influência germânica na região como as garrafas em formato de “flauta” e a valorização da variedade da uva no rótulo, e não seguindo a tradição francesa de valorização do local.

Além disso, há algumas particularidades em relação aos vinhos alsacianos que você PRECISA saber:

  1. Se uma casta constar no rótulo, o vinho foi produzido com 100% dessa casta;
  2. O Crémant d’Alsace deve ficar pelo menos 9 meses sur-lie e um adicional de 3 meses na adega antes da comercialização;
  3. Não há vinhos classificados como IGP ou Vins Sans IG;
  4. 90% da produção é de vinhos brancos;
  5. Os vinhos de corte são representados pelos termos Gentil e Edelzwicker no rótulo;
  6. Um vinho rotulado como Pinot d’Alsace pode ser produzido com as castas: Auxerrois Blanc, Pinot Blanc, Pinot Noir – vinificado em branco – e Pinot Gris;
  7. Vendanges tardives e Sélections de Grains Nobles não são AOC/AOP por si mesmas;
  8. Sélections de Grains Nobles são vinhos de colheita tardia com as uvas afetadas pela podridão nobre;
  9. Vinho quando rotulado como Pinot Blanc, pode ser 100% Pinot Blanc ou 100% Auxerrois Blanc ou, ainda, um corte dessas duas castas;
  10. A AOC/AOP Alsace Grand Cru é apenas para vinhos brancos;

Há muito mais para se conhecer e explorar a região da Alsace!

Gostou? Inscreva-se agora e assista ao webinário Alsace – A região mais alemã da França.

Saúde,
Rafael Puyau

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *